As Mangas

A história da “Manga” começa com a parceria das então estudantes de Arquitetura Bruna Eckhardt e Marcela Oliveira na Universidade Federal Fluminense (UFF) e no escritório em que trabalharam por 10 anos.

Aqui na “Manga”, gostamos de um bom papo, sobretudo para ouvir as histórias que nossos clientes nos trazem. Acreditamos que boas histórias são sinônimo de bons projetos porque são autênticas, trazem verdade e acabam oferecendo o substrato para desenvolvermos conceitos e unirmos arquitetura e vida. Uma não anda sem a outra. O resultado dessa sintonia com o real se traduz nos projetos que entregamos: singulares, cheios da personalidade do cliente. De cada um deles.

MANGA_ROSA_25_09_7663_edited.jpg
 

manifesto

Mulheres, sim, mas não mulherzinhas.

Bem-humoradas também, mas muito CDFs.

Claro que é possível.

Antenadas, mas principalmente atentas à essência.

Muito técnicas, mas antes de mais nada, sensíveis. Porque a gente não coloca nosso trabalho acima de quem a gente é. Doces, mas densas – como a própria manga que nos emprestou seu nome.

Nós somos a Manga Rosa, um escritório de arquitetura que mergulha fundo na alma do cliente, através de uma escuta ativa que abre as portas para entendermos a inquietação que vem do outro lado.

Buscamos traduzir esses desejos em forma de espaço. Funcionais, sem descartar a importância da forma. Aconchegantes e (talvez por isso) comerciais.

Trabalho e prazer? Aqui vivem sob o mesmo teto.

 

@mangarosaarquitetura